terça-feira, 6 de outubro de 2009

Amamentar



A Organização Mundial ad Saúde recomenda que uma criança mame exclusivamente no peito até os seis meses e continuar até os 2 anos ou mais, após a introdução de alimentos. Outro dia lendo estatísticas sobre amamentação fiquei em choque...
Em 1996 - a média de amamentação era de apenas 1 mês;
Em 2006 - a média chegou a 2,2 meses;
E que 96,4% das mães tentam mas a maioria desiste antes dos 6 meses.
Isso acontece por vários motivos - amamentar não é uma tarefa fácil...exige paciência e dedicação. Na primeira vez o bico racha, o peito doí, empedra, temos que nos privar de certos alimentos para evitar cólicas...além dos horários que temos que estar disponíveis para o bebê mamar. Sei bem o que é isso, estou amamentando meu terceiro filho. E já passei por todos esses problemas. Mas, sou uma APAIXONADA convicta pela amamentação. Acho que não existe elo mais bonito que podemos ter com nossos filhos. É uma cumplicidade, um amor enorme. O mais gostoso é quando eles começam a crescer e a fazer carinho no nosso rosto e ficar olhando nos nossos olhos enquanto amamentamos. É indiscritível, só mesmo tendo a experiência para sabermos o que é.

Mas, estou aqui para dizer para você mãe não desistir...peça ajuda, pense nos incontáveis benefícios que isso trará para seu filho(a)e se mesmo assim a vontade de desistir estiver muito grande entre em contato com pessoas que podem ter ajudar:
* Amigas do Peito - grupo carioca que surgiu em 1980 para que mulheres pudessem compartilhar dificuldades vividas com a amamentação. www.amigasdopeito.org.br
* Matrice - grupo formado em São Paulo de mães que ajudam outras mães a amamentar.Com reuniões semanais para trocar experiências. www.matrice.wordpress.com
* Barriga Boa - também de SP, faz consultorias de amamentação. www.barrigaboa.com.br
* Liga do Leite em Brasília - é o braço brasiliense da rede internacional de amamentação La Leche League. É uma associação voluntária que promove encontros mensais em Brasília. lll-brasilia.blogspot.com
* Clínica Florescer - também em Brasília, a Clínica Florescer Gestantes é voltada para um atendimento e acompanhamento humanizado na gestação, parto e pós-parto. www.florescergestantes.com.br

10 problemas e 10 soluções:
(1) O leite não desceu: depois do parto o leite leva de 2 a 5 dias para descer. Mas, enquanto isso, o bebê deve mamar o colostro, rico em nutrientes. Após esse período, fique tranquila que seu leite descerá.
(2) O peito empredrou: quando o peito fica muito cheio, canais de leite entopem. Por isso, é importante ordennhar e fazer massagens para que os pontos endurecidos se desfaçam, antes da amamentação. Outro conselho, é evitar oferecer o peito muito cheio, as vezes fica difícil para o bebê pegar o peito (principalmente nas primeiras semanas). Ordenhe o peito um pouco antes para facilitar.
(3) Ele mama muito e chora: quando isso acontece começam os palpites que o leite da mãe é fraco e que não sustenta a criança. Não existe leite fraco! Isso é uma fato. Criança chora por vários motivos: sono, frio, calor, porque tá de xixi ou cocô ou simplismente porque ainda não está saciada e quer mamar mais.
(4) O bebê não ganha peso: é importante observar o tempo da mamada, pois o leite mais gorduroso vem depois, no fim. Por isso, é importante alternar os seios nas mamadas, sempre começando com o último peito dado. No primeiro momento da mamada o leite que sai é mais ralo e apenas mata a sede. Deixe sempre o beber esvaziar por completo um peito para depois oferecer outro.
(5) Fissuras e Rachaduras - depois que o seio rachou uma das melhores formas de cicatrização é o banho de sol e molhar com o próprio leite materno. Fazendo isso seu peito melhorará em no máximo dois dias. E é claro que vocÊ deve observar como o bebê está pegando o peito, ele com certeza deve estar pegando errado o que dificultará a amamentação para ele e para você.
(6) Dor: se doí é porque algo não vai bem...então é importante descobrimos o que está sendo feito de errado. É sempre bom, quando for amamentar manter o corpo do bebê perto do da mãe (cabeça e coluna em linha reta) e o rosto perto da mama.
(7)O peito não enche como antes: fique tranquila o leite só seca quando você parar de amamentar (e em algumas mulheres mesmo parando de mamar pode demorar uns 2 anos). O que acontece é que por volta do terceiro mês a produção já se acostumou com o ritmo do bebê e, com isso, não fica mais tão cheio. Continue amamentando que é isto que fará com que a produção continue.
(8) Mastite: isso é a inflamação da mama pelo acúmulo de leite e proliferação de bactérias. Os sintomas são mamas quentes, febre, dor quando se toca e pode até haver abscesso de pus. O tratamento é amamentar, compressas frias sobre a área e se o bebê não esvasiar o seio ordenhar até o final.
(9) Alergia ao leite: a alergia não é ao leite materno, mas à proteína do leite de vaca que a mãe toma. Então, não deve ser motivo para interromper a amamentação. Os sintomas no bebê são diarreia, vomito, irritação na pele, irritabilidade, infecção no ouvido, entre outros. A única solução é retirar o leite da vaca da alimentação da mãe e procurar orientação médica.
(10) Bebê sonolento: alguns bebê caem no sono quando mal começam a mamar. Para mantê-los alertas uma dica é deixa-los só de fralda pois o contato com a pele da mãe deixa a criança desperta. Se estiver frio coloque um cobertor em torno de vocês dois. A temperatura ideal para criança é 25´C. Vale também coçar o queixo e o pezinho.

3 comentários:

Sulla disse...

Preciso muito do telefone da clinica florecer gestantes, vc pode me dar, pois o que eu tenho só dá inexistente.

Sulla Valentim

sullapsi@gmail.com

rafa disse...

meu bebê faz manha pra mamar...chora mt e não mama direito.O q será que está acontecendo?

Tainah disse...

muitas vezes pode acontecer do bebê não estar pegando o peito direito...de uma olhada em como ele esta pegando no peito. entre em contato com o pessoal que ajuda na hora da amamentação. veja no meu blog nos tags amamentar e amamentação. tem vários contatos que podem te ajudar. o importante é ficar calma, para passar tranquilidade para o seu bebê, com tempo e paciência ele pega o jeito!!! BOA SORTE E NÃO DESISTA!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...